Esta página é exclusiva a Profissionais de Saúde registados.

Alopurinol: porque é que as guidelines o mantêm como agente de primeira linha no tratamento da Gota?

agente-primeira-linha-gota-1
fotografia da Dra. Joana Rosa Martins

Dra. Joana Rosa Martins

Assistente Hospitalar de Medicina Interna | ULS de Santa Maria – Hospital de Santa Maria

A abordagem à hiperuricemia pode ser realizada tendo por base os inibidores da xantina oxidase e/ou os agentes uricosúricos.

Como exemplos de inibidores da xantina oxidase temos o alopurinol e o febuxostate, que reduzem a produção de ácido úrico. No caso dos agentes uricosúricos, como a probenecida e a sulfinpirazona, o seu efeito resulta da inibição de reabsorção de ácido úrico no túbulo contornado proximal, aumentando a sua excreção.

Embora as possibilidades de abordagem à hiperuricemia sejam múltiplas, a maioria das guidelines são categóricas colocando o alopurinol como agente de primeira linha, inclusive nos doentes com doença renal crónica, atendendo à sua eficácia, boa tolerabilidade, segurança e baixo custo. As restantes alternativas ficam reservadas para os casos em que os alvos terapêuticos não são atingidos, existem contraindicações ou intolerância ao alopurinol.

icon-locker-closed

Para continuar a ler este artigo, deverá registar-se como profissional de saúde.

Se é Profissional de Saúde faça o seu registo. Se já se registou, faça o seu login abaixo.

Artigos Relacionados

Alopurinol: porque é que as guidelines o mantêm como agente de primeira linha no tratamento da Gota?

Alopurinol: porque é que as guidelines o mantêm como agente de primeira linha no tratamento da Gota?

A abordagem à hiperuricemia pode ser realizada tendo por base os inibidores da xantina oxidase e/ou os agentes uricosúricos.
Gota: Tratar para o alvo.

Gota: Tratar para o alvo.

A hiperuricemia é um fator amplamente identificado na patogénese da gota, no entanto o seu papel não se restringe à capacidade de desencadear um fenómeno inflamatório local.
Como fazer o diagnóstico da gota aguda?

Como fazer o diagnóstico da gota aguda?

A gota é uma doença inflamatória que resulta da deposição de cristais de monourato de sódio, ocorrendo quando a concentração de urato sérico ultrapassa o limite de solubilidade do urato.